26 junho, 2017

Lançamentos - Grupo Editorial Pensamento

A ilha da relíquia sagrada
A relíquia mais procurada da história está prestes a ser descoberta
Em 1544, a armada do corsário otomano Khayr al-Dīn Barba-Roxa assedia as costas da ilha de Elba, com o objetivo de libertar o filho do general, mantido como refém pelo príncipe da cidade de Piombino e do arquipélago toscano. Mas o verdadeiro interesse de Barba-Roxa não é o jovem e sim o segredo que ele esconde. Ele é, na verdade, o último guardião de um mistério que remonta aos tempos de Jesus e pode minar os alicerces da fé católica. Mas o Rex Deus está oculto há mais de quinze séculos e encontrá-lo não será tarefa fácil. O rapaz terá de seguir uma antiga pista deixada por um monge templário, em meio a rivalidades de corsários, intrigas palacianas e batalhas navais. E terá também de frustrar um complô da Confraria dos Escondidos, que deseja a todo custo pôr as mãos no antigo segredo.

Uma Breve História da América Latina
Da Colônia ao Populismo Moderno: promessas e frustrações
Loris Zanatta expõe o conjunto de eventos que movimentou a América Latina, desde a colonização até os dias atuais, sem esquecer as características essenciais do território e dos seus habitantes antes da chegada dos europeus. De século a século, e de país a país, o autor entrelaça, de maneira brilhante, a história política, religiosa e ideológica das nações, convertendo diferentes histórias desarticuladas em uma história única. Este livro descreve o desenvolvimento da América Latina como uma terra de transformações, revoluções e involuções, de frustrações e promessas.

A Bíblia da Vida Após a Morte
O Guia completo para o mundo Espiritual
Além de ser uma obra de referência sobre as crenças, a história, a mitologia e a ciência da vida após a morte, é também um manual prático para você entrar em contato com o plano espiritual e obter conforto e paz nesta vida. Aprenda como fazer contato com seres interdimensionais, desde guias espirituais até anjos guardiões, e conhecer técnicas de regressão a vidas passadas, aprender a praticar exercícios de meditação, canalização, trabalho com sonhos, viagens astrais, mediunidade e escrita automática. 

Caçada à Bomba Atômica de Hitler
Um capítulo secreto da Segunda Guerra Mundial
Damien Lewis narra de forma magistral a busca frenética dos Aliados para dar um fim ao programa nuclear nazista, que visava construir a primeira bomba atômica da história. Essa trama real, que mais parece ter saído de um filme hollywoodiano de espionagem, ação e guerra, é um misto de reportagem investigativa com thriller de suspense. Lewis revela a caça aos cientistas nazistas, a busca pelas matérias-primas que seriam usadas na bomba de Hitler, a localização exata da usina onde o artefato nuclear estava sendo produzido e as táticas, muitas vezes maquiavélicas, da SOE (a Executiva de Operações Especiais do Reino Unido) para deter a Alemanha Nazista, e a enorme ameaça que representava para a humanidade se o país viesse a se tornar uma potência nuclear. Um dos mais bem guardados segredos militares da Segunda Guerra Mundial agora é finalmente revelado.

Em Busca do Ser
Os principais ensinamentos para sua transformação pessoal
Neste livro, todos os princípios e métodos básicos de Gurdjieff para transformar o intelecto, as emoções e o corpo, no sistema conhecido como o Quarto Caminho, são apresentados nas palavras claras e precisas do próprio Gurdjieff. Organizado numa sequência ordenada de passagens tiradas de livros de P. D. Ouspensky, este material é voltado para todas as pessoas determinadas a empreender os esforços e práticas necessários para despertar a consciência. Um chamado para nos abrirmos a um estado mais elevado de consciência, mediante o conhecimento e a mudança do nosso próprio ser.

A Dieta do Microbioma
Além das dietas da moda : seu corpo em equilíbrio
Você engorda só de olhar um doce? Sente cansaço, ansiedade, depressão ou confusão mental? Tem resfriados, infecções, dores de cabeça ou acne frequentes? A solução para todos esses problemas está nos seus intestinos. Com duas décadas de experiência em medicina funcional, o autor oferece uma alternativa segura, rápida e duradoura às últimas dietas da moda. Com refeições práticas, receitas deliciosas e informações valiosas sobre alimentos e suplementos para o microbioma, você encontra as ferramentas necessárias para ter um peso saudável, melhorar o humor, recuperar o foco mental e atingir sua melhor forma, esbanjando saúde. 

O Livro de Lilith
Deusa ou Demônio: as visões do feminino
Lilith, a primeira Eva ou a mulher que tentou Adão é uma das formas do Eu feminino que personifica os aspectos negligenciados e rejeitados da Grande Deusa. Este livro é uma fascinante antologia de contos mitológicos, antigos e modernos, interpretados pela autora, psicóloga e analista junguiana, que demonstra como e por que foram feitos tão grandes esforços para banir a figura de Lilith da consciência humana e por que, apesar desses esforços, estamos sentindo outra vez a sua ascensão, agora com novas interpretações e significados.

Mindfulness em Oito Semanas
A solução para lidar com o estresse, esgotamento e depressão 
A técnica mindfulness está se tornando o meio mais popular para o alívio da ansiedade, do estresse e até mesmo da depressão. Por meio de instruções simples e fáceis de seguir, divididas ao longo de oito semanas, as meditações e exercícios deste livro são a companhia perfeita para todos que estão querendo aprender rapidamente essa técnica comprovadamente eficaz. Com meditações em áudio disponível para download, Michael Chaskalson traz uma abordagem prática e imediata que irá ajudá-lo a melhorar em pouco tempo seu estado físico, mental e emocional. 

25 junho, 2017

Resenha - Dama da meia-noite ( Os Artifícios das Trevas #1)

Título: Dama da meia-noite (Os Artifícios das Trevas #1) 
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 576
Ano: 2016
Gênero: Fantasia

Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada.O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar.Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira.Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?A magia e aventura das Crônicas dos Caçadres de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.

Dama da meia-noite é o primeiro livro da Trilogia Artifícios das Trevas. O livro começa 5 anos depois da Guerra Maligna, que foi uma revolta de um Caçador de Sombras, Sebastian Mongerstain, contra seu próprio povo, ele estava aliado com o povo das fadas. Passados 5 anos a vida de Emma Carstais continua a mesma, vivendo no Instituto de Los Angeles com a família Blackthorn, e querendo vingar a morte de seus pais.

O único problema é que a Clave já achou um culpado pela morte dos pais de Emma, que é o Sebastian, mas ela não acredita que isso seja verdade. E eis que existe uma grande oportunidade para provar as dúvidas de Emma, várias mortes começam a acontecer e do mesmo jeito, com os mesmos símbolos e sempre jogados no mar, exatamente como os pais dela. Mas quem disse que as coisas ficariam mais fáceis? Emma acaba descobrindo que os corpos não são só de mundanos* mas também do povo das fadas, e os caçadores de sombras não podem se envolver em nada relacionado com as fadas por causa de uma lei, Paz Fria, que foi logo proclamada após os eventos da Guerra Maligna. Sendo que o Povo das Fadas sempre acha um jeito de manipular quem quer que seja e descobre o que faria Emma quebrar as leis e ela só faria isso por uma pessoa e ela é o Julian, seu parabatai*, agora é que as coisas ficam complicadas não só para os leitores, mas também para Emma e Julian.
"Por que todos esses quadros com você? Porque sou um artista, Emma. Essas pinturas são o meu coração. E, se meu coração fosse uma tela, cada centímetro retraria você." 
Sabe aquele casal que você só de vê-los shippa até o infinito? É assim com a Emma e o Julian, principalmente quando a Emma começa a questionar seus sentimentos pelo Julian, pois as coisas sempre foram normais para eles como amigos, cresceram juntos, passaram pelos piores pesadelos juntos, não é à toa que são parabatai. Mas de acordo com as leis da Clave é proibido se apaixonar pelo parabatai, na verdade é proibido o sentimento Eros entre eles, só é permitido o sentimento de Philia ou Ágape. Mas quais seriam as consequências de ultrapassarem os limites?


Julian Blackthorn é tudo que um irmão ia querer em outro, responsável, carinhoso, protetor. Por isso que ele ficou praticamente com a guarda dos quatro irmãos mais novos, ele é tudo para aquelas crianças e quando ele não está treinando, cuidando das crianças ou pintando, pode apostar que ele está preocupado com a vida dos dois meio irmãos mais velhos Helen e Mark Blackthorn que são metade fada por conta de um envolvimento que o pai teve com uma princesa do reino das fadas e é por isso que eles estão longe, desde a Paz Fria os irmãos foram praticamente banidos por terem sangue de fada. Mais o pior dos dois irmãos é o Mark que foi levado pela Caçada Selvagem. Então o povo das fadas atinge Julian com uma das coisas que ele mais quer que é ter o irmão de volta em troca de quebrar a lei e investigar os assassinatos das fadas.

Todo livro da Cassie tem uma forma de narrativa gradativa, as coisas vão evoluindo e criando conexões e nesse livro não é diferente, na verdade as coisas viram uma bola de neve, e é tão bom ler que você não quer parar. Como sempre a CASSANDRA ARRASOU!

*Mundanos: É a forma que os Caçadores de Sombra chama os humanos.
*Parabatai: É um par de guerreiros Nephilim que lutam juntos como parceiros ao longo da vida, unidos por juramento, independentemente do seu sexo.


{+ Bônus}

Têm umas fanarts tão lindas dos personagens que eu decidi por elas :)




   

24 junho, 2017

Projeto: Lendo Instrumentos Mortais


Esse mês eu resolvi assistir a série Shadow Hunters na Netflix e fiquei completamente apaixonada pelos personagens, sei que muitas vezes os filmes e séries não são fiéis aos livros, então eu resolvi montar um projeto e ler os 6 livros da série e também os contos de Magnus Bane, esse personagem é apaixonante e estou doida para conhecer ele melhor.

Conforme eu for lendo, vou trazendo quotes, opinião de como a leitura está fluindo e claro as resenhas.

Estou me programando para ler um livro por mês, mas claro que pode acontecer de eu não resistir e ler eles na sequencia, mas a princípio a programação é ler um por mês, com relação aos contos, esses eu vou ler conforme a leitura for fluindo.

Programação:

Julho: 
Cidade dos Ossos
O que realmente aconteceu no Peru
A rainha fugitiva

Agosto: 
Cidade das Cinzas
Vampiros, bolinhos e Edmund Herondale
O herdeiro da meia-noite

Setembro: 
Cidade de vidro
Ascenção do Hotel Dumort
Salvando Raphael Santiago

Outubro:
Cidade dos Anjos Caídos
A queda do Hotel Dumort
O Que Comprar Para Um Caçador de Sombras Que Já Tem Tudo (Mas Que Você Não Está Namorando Oficialmente)

Novembro:
Cidade das Almas Perdidas
A Última Batalha do Instituto de Nova York
Os Rumos de Um Amor Verdadeiro (e os Primeiros Encontros)

Dezembro:
Cidade do Fogo Celestial

22 junho, 2017

Resenha - Lealdade Mortal

Título: Lealdade Mortal - Série Mortal #9
Autor: Nora Roberts escrevendo como J. D. Robb
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 428
Ano: 2008
Gênero: Romance policial/Suspense
Sinopse: A tenente Eve Dallas está pronta para enfrentar o seu mais talentoso inimigo: um “admirador secreto” que a provoca com cartas anônimas e promove uma destruição em massa sem misericórdia. Em Lealdade mortal, o mal parece estar mais forte e mais próximo do que nunca. Será que Eve conseguirá fazer com que o bem seja mantido, e a ordem, restaurada?
Um desconhecido grupo terrorista usa poderosas bombas para tentar colocar Nova York sob o domínio do medo. Envia mensagens terríveis à tenente Eve Dallas, nas quais promete derramar sangue, espalhar o terror e produzir uma destruição em massa para acabar com o “governo corrupto”. E, quando a cruel teia de mentiras e terrorismo ameaça as pessoas que Eve mais ama, ela reage com garra e determinação. É a sua cidade, o seu trabalho, e os alvos estão cada vez mais perto dela. Agora, numa eletrizante corrida contra o relógio, ela precisa fazer com que todas das peças se encaixem… antes que a cidade seja destruída.
Em Lealdade mortal, a destemida tenente enfrenta um grupo radical que planeja transformar Nova York num cenário de horror. Os mistérios e as emoções não cessam.
Resenhas

Fazia um bom tempo que não lia os livros dessa série e olha que eu sou apaixonada pelos personagens, mas sempre acabo começando a leitura de outros e vou deixando essa série para depois, mas agora estou me organizando para ler um livro da série por mês.

Lealdade Mortal é o nono volume dessa série gigantesca, inicialmente Eve começa a investigar um caso de assassinato, uma mulher que acredita ter sido vítima de traição acaba por matar seu parceiro, J. C. Branson. Durante a investigação desse assassinato Eve começa a receber cartas de uma organização terrorista que se intitula ‘Cassandra’, eles estão explodindo os símbolos da elite e muitos desses símbolos pertencem a Roarke. Eles explodem um dos edifícios vazios de Roarke como demonstração. Então eles deram a Eve tempo suficiente para descobrir o próximo alvo com base na informação que eles forneceram e a equipe de Eve conseguiu desativar as bombas na Radio City. Mas quando o alvo foi o hotel Plaza, não havia nada que pudessem fazer, pois não podiam descobrir o alvo. Agora é uma corrida contra o relógio para descobrir qual é o próximo alvo e como impedir que ele fosse destruído.

Roarke está cada vez mais se envolvendo no trabalho de Eve e isso às vezes me incomoda, pois ele poderia esperar ela pedir a ajuda dele, mas ele simplesmente vai lá realiza pesquisas e tudo mais sem nem ser solicitado, o que acho incrível nesse casal é que ele está sempre pronto para fazer qualquer coisa por ela, a preocupação que ele demonstra quando ela está ferida ou correndo risco de vida é algo fofo demais.

Um casal novo roubou a cena nesse livro, Peabody e McNab finalmente resolveram dar uma chance ao que sentem, era visível que aquela implicância toda entre eles era algo muito mais complexo, a tensão sexual entre eles era algo inimaginável e adorei ver eles juntos.

Nesse livro vamos conhecer o irmão mais novo de Peabody, Zeke, ele é muito meigo e ao mesmo tempo bastante ingênuo, foi até lá para fazer um trabalho na casa de Clarissa e B. D. Branson (irmão de J. C.), mas acabou entrando numa grande enrascada por acreditar que Clarissa é uma mulher que sofre nas mãos do marido e que está apaixonada por ele.

O que mais me chama a atenção nessa série é que a autora consegue criar situações bem diferentes das já enfrentadas pela equipe de Eve, é nesse livro que vamos ver o casal Eve e Roarke ter sua primeira briga, mas algo fácil de contornar. Como já é de se esperar, os capítulos finais são de pura adrenalina e vou confessar que dessa vez eu não imaginava quem era o verdadeiro vilão e me surpreendi com a trama e as reviravoltas.

Assim que terminei essa leitura comecei a ler o próximo volume, estou ansiosa para saber mais do novo casal Peabody e McNab.

Não esqueça de participar da nossa promoção, é só clicar no banner!

20 junho, 2017

Promoção - 5 Anos de O maravilhoso mundo da leitura #OCeifador


Oi, gente!!
Eu resolvi não fazer uma promoção só com vários livros e sim várias promoções ao longo do mês, então as promoções de comemoração do aniversário do blog vão ocorrer desde o dia 20/06 até 20/07, sem data certa para iniciar, mas fiquem de olho porque vai ter sorteio de vários livros bem legais e vamos começar com o livro que entrou para minha lista de favoritos.

Regras:
Somente a primeira entrada é obrigatória, as outras são chance extra.
O livro será enviado pelo blog e não me responsabilizo por perdas ou extravio por conta dos correios.
O ganhador receberá um email e terá 3 dias para responder com o seu endereço completo.
O promoção inicia no dia 20/06 e vai até 20/07.


a Rafflecopter giveaway

19 junho, 2017

O maravilhoso mundo da leitura está completando 5 anos \o/


Oi, gente!!!
Nem parece, mas o tempo passou, 5 anos e parece que foi ontem, lembro direitinho da tarde que resolvi sentar na frente do computador e entender como funcionava esse tal de blogger e aos poucos o blog foi tomando forma, trocou de layout algumas vezes até que o visual ficasse como eu sempre quis. Muitas pessoas passaram por aqui, muita coisa aconteceu durante esses 5 anos e tudo que posso fazer é agradecer.

Eu resolvi colocar aqui um poema sobre aniversário e espero que vocês gostem.

Significado do Aniversário
Procurei no dicionário,
Com paciência e cuidado,
O real significado
Da palavra aniversário.
Aquele livro pesado, 
Mestre dos visionários,
"Pai dos burros" batizado,
Pareceu-me sectário,
Ao responder meu chamado.
Deveras decepcionado,
Joguei o meu dicionário
Na estante, empoeirado,
Para pregar, solitário,
O meu significado
Da palavra aniversário.
Diz assim, o verbete lendário,
Ontem, por mim criado:
"Aniversário: Espécie de relicário,
Muitíssimo bem guardado
Nas folhas do meu diário,
Dos versos que eu escrevi,
Com todo amor, e não li,
Durante o ano passado.
*Não encontrei o autor do texto, o poema foi copiado desse site.

Com relação a promoção, vai ter algo sim, não vai ser nada muito elaborado, mas claro que vou presentear o pessoal que passar por aqui. Vou fazer várias promoções desde o dia 20/06 até 20/07, já vou deixar uma dica aqui, amanhã começa uma #OCeifador.


18 junho, 2017

Caixa de Correio #28

Oi, gente!!
Nossa faz muito, mas muito tempo mesmo que eu não faço caixa de correio e então resolvi mostrar os livros que andei recebendo de parceria, os que ganhei e os que comprei ultimamente.

Cortesias




Ganhei


 Ganhei o box Biblioteca Hogwarts, A Traidora do Trono e o filme Animais Fantásticos e Onde Habitam do marido, ele sabe que eu amo Harry Potter, tenho todos os livros e filmes.

Esses eu ganhei da minha sogra, ainda não li nada da autora e espero gostar da leitura.

 Esse eu ganhei no sorteio feito pelo facebook do blog Conduta Literária

Esses eu ganhei no sorteio da Arqueiro pelo facebook.

Comprei


16 junho, 2017

Top 10 - Livros que estão no topo da minha lista de leitura de 2017


Oi, gente!!
Hoje eu vim mostrar os dez livros que estão na minha lista de leitura de 2017 e espero ler eles logo, logo. Vou deixar a sinopse para vocês saberem do que se trata cada um.

O mundo de Gwendolyn Bloom vira de cabeça para baixo quando seu pai desaparece durante uma viagem de trabalho. Ela logo descobre que ele não é o homem que, por dezessete anos, achou que fosse — e essa é só a primeira de muitas revelações que Gwendolyn terá pela frente. Sem poder contar com a ajuda de mais ninguém para encontrá-lo, a garota parte em uma jornada tão perigosa quanto alucinante, seguindo os rastros do pai pela Europa. Porém, para se infiltrar — e sobreviver — em um novo mundo cheio de maldade e perversão, ela precisará deixar toda a sua vida para trás, assumir uma nova identidade e se tornar alguém tão cruel quanto seus piores inimigos.

Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.

“Nevando em Bali”, best-seller da escritora australiana Kathryn Bonella, é um livro raro e absorvente, que traz revelações que vão chocar os leitores interessados em jornalismo investigativo e em histórias humanas por trás dos folhetos que prometem paraísos terrestres. Jovens do mundo inteiro, entre eles surfistas sul-americanos como o brasileiro Rafael, enriquecem até o delírio na pequena e linda Bali, cujos moradores são famosos por acolher com gentis e hospitaleiros sorrisos milhões de turistas. No estilo de vida criado por esses novos playboys, o tráfico de cocaína desempenha papel fundamental. E eles poderão acabar na prisão de Kerobokan, verdadeiro inferno, ou fugir. Mas pagarão alto preço pela vida de luxo. Construído à base de relatos verdadeiros, de primeira mão, sobre esses traficantes, o livro lança a pergunta: quem será o próximo a acabar em kerobokan? Um livro indispensável.

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

Tudo começa em um parque da cidade de Estocolmo, onde o corpo de um menino é encontrado. A detetive superintendente Jeanette Kihlberg lidera a investigação, lutando contra um promotor apático e uma força policial burocrática que não quer dedicar recursos para resolver o assassinato de uma criança imigrante. Todavia, com a descoberta dos cadáveres mutilados de mais duas crianças, fica claro que um serial killer está à solta. Kihlberg procura a psicóloga Sofia Zetterlund, uma especialista em recuperar crianças que sofreram violência, e as vidas das duas mulheres se entrelaçam de forma quase instantânea profissional e pessoalmente. À medida que se aproximam da verdade sobre os assassinatos, as duas vão aos poucos perceber que os crimes escondem um mal subterrâneo que parece abraçar toda sociedade sueca. Na veia da série Millenium, A Garota-Corvo é um thriller sombrio e de tirar o fôlego, e uma investigação dos recantos mais sombrios da mente humana.

Quase quarenta anos depois da publicação de sua primeira edição, O que é isso, companheiro?, que foi adaptado por Bruno Barreto para o cinema em 1997, continua sendo um dos mais contundentes documentos históricos já produzidos acerca do período militar. "Este é o livro de um homem correndo da polícia, tentando compreender como é que se meteu, de repente, no meio da Irarrazabal, no Chile, se apenas cinco anos antes estava correndo da Ouvidor para a Rio Branco, num dos grupos que fariam mais uma demonstração contra a ditadura militar que tomara o poder em 1964. Onde é mesmo que estávamos quando tudo começou?" - Fernando Gabeira
Publicado pela primeira vez em 1979, O que é isso, companheiro? conquistou um lugar de destaque na categoria dos livros que melhor retratam um dos períodos mais obscuros da história brasileira: a ditadura militar. Documento histórico - esta seria a melhor maneira de categorizar a narrativa que Fernando Gabeira empreende para nos contar, em primeira pessoa, como jovens guerrilheiros, em 1969, conseguiram realizar a mais espetacular proeza de um grupo de esquerda: o sequestro do embaixador americano. O então jornalista recém-saído do Jornal do Brasil e seus companheiros de organização "trocaram" a vida do embaixador pela libertação de 15 presos políticos.
Heróis? Vilões? Loucos? Inconsequentes? A vitalidade deste livro, sua permanência e sua importância residem no fato de que seu autor nunca esteve alheio às contradições de sua geração. Nas páginas deste contundente, emocionante e, por vezes, irônico relato, somos confrontados com nossos próprios fantasmas. Será que somos tão diferentes assim do que foi Fernando Gabeira? Aos 75 anos, ele segue sua jornada, contando e refletindo sobre a história do nosso país. A coragem de admitir que precisamos nos reinventar a cada dia na construção de um mundo melhor e mais democrático continua sendo uma de suas qualidades mais marcantes. Aos que resistem a isso, cabe-nos apenas perguntar: O que é isso, companheiro?

O que não existe mais é um relato sobre memória e desajuste, solidão e renascimento. Neste livro de contos, Krishna Monteiro explora esses temas sob vários ângulos. O de um filho perseguido nos corredores de sua casa pela lembrança viva o pai; o de um pacto celebrado pelo escritor João Guimarães Rosa numa encruzilhada; o de um galo de briga que, ao combater na arena, recorda toda a sua existência; o de um gato, narrando os últimos momentos de sua dona, sem compreendê-los; o de um velho soldado que tenta sem sucesso exorcizar a guerra; o de uma mulher que diante da degradação e do envelhecimento vê no ato de contar histórias a fonte mesma de criação e manutenção da vida.

O padre polonês Krzysztof Charamsa, 44 anos, atualmente ativista dos direitos LGBT em Barcelona, ocupou os níveis mais altos da Igreja Católica. Revelar sua homossexualidade em outubro de 2015 foi apenas uma nova e difícil etapa em sua vida. A partir daí, Charamsa passou por muitas provações por assumir-se gay no seio de uma das instituições mais conservadoras do mundo. Neste livro, ele revela como os homossexuais são discriminados, reduzidos à condição de pervertidos, enquanto o clero católico, fortemente homofóbico, é ele próprio composto em grande parte por homossexuais. Esses homens acabam arando um terreno fértil onde germina a erva daninha vergonhosa da pedofilia e outros tipos de abusos. Escrita de forma clara, direta e emocionada, a obra promete estremecer os alicerces éticos de uma das instituições mais poderosas do mundo.

Sherlock Holmes e Moriarty estão mortos, e as únicas testemunhas são as cataratas de Reichenbach. Como forma de agradecimento pelos serviços que o maior detetive do mundo prestou à instituição, a Scotland Yard envia Athelney Jones, inspetor e grande admirador das técnicas de Holmes, à cidadezinha suíça de Meiringen. O que ele não esperava encontrar lá era o detetive norte-americano Frederick Chase, que traz um novo caso à tona.
Antes do confronto com o rival, Moriarty estava prestes a se encontrar com um gênio do crime do outro lado do Atlântico, uma figura tão misteriosa quanto o próprio professor. Porém, agora que o arqui-inimigo de Sherlock Holmes está morto, o caminho fica livre para esse criminoso ampliar seus negócios, e resta a Jones e Chase desvendar sua identidade e seus planos antes que seja tarde demais.

Por trás de uma possibilidade de cura para o Fulgor, Thomas irá descobrir um plano maior, elaborado pelo CRUEL, que poderá trazer consequências desastrosas para a humanidade. Ele decide, então, entregar-se ao Experimento final. A organização garante que não há mais nada para esconder. Mas será possível acreditar no CRUEL? Talvez a verdade seja ainda mais terrível... uma solução mortal, sem retorno.

14 junho, 2017

O que estou lendo + quote - A Prisão do Rei e Testemunha Mortal


Oi, gente!!
Esse mês minhas leituras estão fluindo de forma lenta, estou atrapalhada fazendo alguns exames e isso não está me deixando focar nos livros que tenho para ler, mas estou lendo dois livros ótimos.
Assim que A Prisão do Rei  foi lançado eu fiquei muito curiosa para ler e finalmente consegui comprar, essa série está me agradando muito e não é a toa que muitos leitores estão adorando conhecer e acompanhar as história de Mare, Maven, a Guarda Escarlate e Cal. Esse terceiro volume tem menos ação e correria que o segundo, mas estou achando a leitura muito instigante.
Testemunha Mortal, é uma trama alucinante e estou amando, é meu livro de cabeceira e estou muito curiosa para saber como terminará, quem é o assassino da vez, sou completamente apaixonada pelos personagens Eve, Peabody e Roarke.

━ Lady Samos, a senhorita não tem permissão de entrar aqui ━ diz Tigrina, ainda entre nós. Fico surpresa com sua audácia. Evangeline volta os olhos para minha guarda com um desprezo crescente. ━ Acha que eu desobedeceria o rei, meu noivo? ━ Ela força uma risada fria. ━ Estou aqui sob ordens dele. O rei exige a presença da prisioneira na corte. Agora. Cada palavra arde. Um mês de aprisionamento de repente parece muito pouco. Parte de mim quer se agarrar à mesa e obrigar Evangeline a me arrastar para fora da minha jaula. Mas nem o isolamento destruiu meu orgulho. Ainda não.
Ele me enganou quando era príncipe, me atraindo para sua armadilha. Agora, estou na prisão do rei. Mas ele também está. Minhas correntes são as Pedras Silenciosas. As dele são a coroa.

Crime e castigo eram o trabalho da tenente Eve Dallas, e assassinato, a sua especialidade. Naquela noite, porém, ela estava sentada em uma poltrona, em uma casa de espetáculos lotada, e assistia ao intrigante negócio representado por uma peça sobre esse tipo de crime apresentada em um palco.
━ Nosso assassino é paciente e sistemático. Acho que ele ou ela adorou a espera e curtiu observar Draco se exibindo, transmitindo emoções e arrancando aplausos, sabendo o tempo todo que aquele era o seu último ato. Acho que a pessoa que o matou se deleitou com isso. ━ Eve pousou a caneca de café e se sentou na beira da mesa. ━ Roarke disse uma coisa interessante, na noite passada: a vida imita a arte.