17 setembro, 2013

Filme: Lovelace

Olá pessoal!
Resolvi trazer uma dica de filme que vi no final de semana e gostei bastante. Eu tinha lido em algum site na internet que a atriz Amanda Seyfried aceitou o papel pois queria perder aquela imagem de menininha meiga e tal que ela tinha devido os filmes que ela fez, eu vi a maioria dos filmes com ela e gostei acho ela uma super atriz.


Título: Lovelace
Ano: 2013
Gênero: Biografia, Drama
Classificação: 16 anos
Duração: 93 minutos
Cinebiografia de Linda Lovelace (Amanda Seyfried), retratando como foi de uma garota de família tradicional à protagonista do clássico do gênero pornô "Garganta Profunda". Ela entrou no meio através de seu abusivo marido Chuck Traynor (Peter Sarsgaard), mas acabou não seguindo a carreira de atriz pornô, chegando até mesmo a militar contra a indústria pornográfica após se casar com Larry Marchiano (Wes Bentley).

Linda é uma moça bonita que chama a atenção de Chuck, no início ele se mostrava um homem carinhoso, sensível, mas logo depois que ela sai de casa e vai morar com ele as coisas começam a mudar e é ai que a vida de Linda para os espectadores se mostra um grande glamour, mas só ela sabia o inferno que estava vivendo.

Quando Linda procura sua mãe e pede ajuda, dizendo que o marido bate nela, sua mãe simplesmente diz para ela que ele não bate por bater que algo deve ter acontecido e que ela tem que voltar para o marido e obedecer.

Linda depois de não aguentar mais viver naquela situação finalmente consegue ajuda e adorei o que fizeram com o Chuck, achei pouco, mas foi merecido.(vocês tem que ver o filme) 

O filme em si mostra não o glamour de uma atriz no início de carreira, mas sim os momentos em que era praticamente espancada pelo marido e forçada a fazer não só o filme como também se prostituir em troca de dinheiro.

Mostra a luta de uma mulher que teve que passar pelo detector de mentiras para provar que sua história era real e assim poder lançar seu livro, contando tudo pelo que passou e poder ajudar mulheres que também pudessem estar na mesma situação em que ela esteve.

Como tudo acontece na década de 70, os efeitos, a maquiagem, os figurinos ficaram perfeitos a atuação de Amanda Seyfried como Linda Lovelace está impecável e para mim ela vestiu literalmente a personagem, mas quem realmente roubou a cena foi Peter Sarsgaard como Chuck.



Beijão a todos!!



12 comentários

  1. Lilica, parece um filme bem intenso e envolvente! Fiquei interessada, adoro tramas dos anos 70 e sou fascinada por trabalhos que retratam a luta feminina.


    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Parece uma história interessante mesmo. Acho legal a atriz interpretar papéis diferentes na carreira, nem tanto para tirar uma imagem ou outra, mas para se aperfeiçoar e mostrar a versatilidade.
    Gostei da dica e pretendo ver o filme!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Fiquei muito interessada desde a primeira vez que vi o trailer. Acho que uma mulher envolvida em uma revolução do sexo naquela época devia ter sido uma surpresa. Espero gostar do filme.

    ResponderExcluir
  4. Curti isso heim!!!
    Não conhecia. Agora eu quero ver!!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lizi,
    Esse filme, parece que nos apresenta uma Amanda realmente diferente da que estou acostumado a ver nos filmes! E concordo contigo, a acho uma excelente atriz :)

    Beijos
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olha! Não sei o que pensar sobre o filme, não gosto muito de biografia, mas acho que vou dar uma chance a ele!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  7. Eu não sabia desse filme, mas ele parece ser muito bom, e que triste a historia dessa mulher e que mãe do mau, a filha vai pedir ajuda porque o marido esta batendo nela e a mãe fala para ela voltar para safado, que isso, mas o filme parece ser muito bom e eu é logico vou dar uma conferida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Por mim a Amanda continuava com os filmes sendo sempre a mocinha... mas enfim, ela decidiu.
    Eu não tenho vontade de assistir a esse filme agora, talvez em um futuro breve.

    ResponderExcluir
  9. Amanda deu uma mudança radical no seu gênero de filme.
    Por gostar da atriz e acompanhar a carreira dela desde o início, eu vou assistir a esse filme para ver sua mudança :)

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto mais da Amanda como mocinha, mas ela tem de testar todos os limites da carreira de atriz, para ser reconhecida como uma atriz completa e não apenas nos papéis de mocinha. O filme aborda um tema que me afeta muito: violência contra mulher. Embora seja um assunto que sempre tenha de estar em pauta, me faz mal ler o assistir algo sobre. Então por hora vou deixar esse filme na geladeira e aproveitar outros mais "leves". Mas não sei o que me surpreendeu mais: o cabelo da Amanda ou Sharon Stone feia, kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Amanda <3 Ela é tão linda!!!

    Eu achei essa história bem interessante, assim a gente (eu) critica muito esse "mundo pornô", mas realmente não sabemos por que essas pessoas estão se expondo de tal forma, né.
    Adoro filmes bem dramáticos e acho que esse super se enquadra, vou procurar para assistir.

    Uma dose de palavras.
    http://uma-dose-de-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Só porque tem Amanda gostei, adoro ver filmes com ela.
    Esse é interessante, gostei dele.

    ResponderExcluir

Olá!!!
Obrigada pela visita.
Sua opinião é muito importante para mim.
Deixe o link do seu blog ou site para eu retribuir a visita.
Beijos Lizi